sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Microconto/43



Priscila não relaxava nunca - ou pelo menos não se recordava de ter feito isso alguma vez.
Tentou de tudo: happy hour com amigos, massagens e terapias diversas; nada funcionava.
Até que um dia, um amigo deu-lhe uma sugestão. Disse para Priscila começar com algo simples: espreguiçar-se ao acordar.
No dia seguinte, após a conversa com seu amigo, Priscila acordou e se espreguiçou. De repente, viu espantada quando seus braços alcançaram o teto e suas pernas atingiram a porta do quarto. Esticava-se, esticava-se sem parar.
Logo, ela se viu obrigada a sair de casa, pela falta de espaço. Estava relaxada, afinal. Talvez relaxada demais, mas o que isso importava no fim das contas?
Depois desse dia, Priscila nunca mais deixou de se espreguiçar. Ao mesmo tempo em que tinha finalmente conseguido relaxar, notou feliz o quanto tinha também deixado de se encolher.

Fonte da imagem: Quero enfeitar você

7 comentários:

Victor disse...

"esticar" e "relaxar" é o que mais faço! haha Eu nunca dou calote, se não vim antes devo ter fechado/esquecido da janela rs Desculpa! Parabéns pelo blog e ESPERO REMOVER A DENÚNCIA.

[]'s
blog.avoado.com

joão victor borges disse...

Maravilhoso, de verdade. Priscila não vai mais encolher, nunca.

Abraço! ;)

http://anpulheta.blogspot.com

Gutt e Ariane disse...

Eu vejo isso como uma espécie de metáfora, bem interessante por sinal. Sobre crescimento/desenvolvimento pessoal. Bem escrito... simplista mas que nos faz refletir. Parabéns!!!!

Ale Marques disse...

eu relaxo até demais! kkkkkkkkkkkk

muito bom seus microcontos!
um abraço e que Deus te abençoe.

http://aleartdigital.blogspot.com/

Alice disse...

aah simples e ao mesmo tempo gosto de ler. dorei =]

eu mesmo disse...

Me espreguiço todos os dias antes de acordar.

Ah, obrigada pela dica. Não levo as pessoas a mal

eu mesmo disse...

Me espreguiço todos os dias antes de acordar.

Ah, obrigada pela dica. Não levo as pessoas a mal