quinta-feira, 29 de julho de 2010

Poesia/72



Cheiro

Compro essência de Alecrim
Tento Sândalo
Orquídea
E Jasmim

Não é Lavanda
E eu bem sei...
Também não é Almíscar
Esse eu também tentei

Experimento todos os aromas
Mas nada me agrada tanto assim
Como aquele cheiro gostoso
Que você costumava deixar em mim.

Fonte da imagem: Santo Google!

3 comentários:

Gabriel disse...

Um poeta direto, mas que conhecimento senhorita Tatyana.

Adorei a maturidade das palavras, diretas e sem arrodeios.

Meus parabéns.
Abraço!

Camila Passatuto disse...

Uma leitura gostosa e delicada você me proporcionou.

Gostei muito. Parabéns.

Edu disse...

Ola meu amor, adorei essa poesia do cheiro!!Sempre com lindas poesias heim!!!
Essa me lembra você...

Te Amo!!!