domingo, 18 de julho de 2010

Microconto/03

Fim de tarde de uma quarta feira e ele sozinho na ponte. Os carros passavam, as pessoas iam e vinham e ele apenas contemplava o mundo ao seu redor. Olhou admirado o céu, o pôr do sol e até as pessoas, que andavam apressadas.
De repente, olhou as águas turvas onde pretendia se jogar. Para que aquilo, afinal? E, certo da mudança, voltou para casa pensando que, ao desistir da morte, tinha conseguido ganhar a vida. Tinha nascido outra vez.

Um comentário: