sábado, 18 de setembro de 2010

Microconto/18



Longe de sua terra natal, num dia sem afazeres, Nina chorava suas saudades. Para alegrá-la, decidiram levá-la para a praia. Mas Nina continuou chorando. Disse: "É tudo tão lindo, mas esse mar não é o mesmo, não é o meu". Replicaram: "Chegue mais perto do mar, toque nele". E Nina, agachada, colocou pés e mãos dentro da água salgada e o mar lhe confidenciou: "Menina, eu também sou seu mar". E Nina finalmente entendeu e sorriu. Entendeu que os nomes eram diferentes, que a distância era grande, mas que as águas se misturavam e que aquele mar à sua frente também era o seu.

Fonte da imagem: Quem tem pés, visita

Um comentário:

Sâmia disse...

Ai, q coisa linda, Taty.
Me identifico muuuito com a Nina...